Seguidores

Suspeito de roubo é amarrado e espancado em Natal

Amarrado, suspeito foi agredido até a chegada da polícia
Um homem suspeito de ter roubado o aparelho celular de uma adolescente foi espancado por moradores do conjunto Cidade Satélite, na Zona Sul de Natal. A ocorrência foi registrada na noite do sábado (30). Segundo a Polícia Militar, a vítima do assalto contou que foi assaltada numa parada de ônibus que fica na marginal da BR-101. Quando as guarnições chagaram ao local o suspeito foi encontrado no chão, com as mãos e pés amarrados, e já desmaiado.
 A adolescente disse que estava na parada de ônibus quando o homem se aproximou, a segurou pelo braço e tirou o telefone de dentro da bolsa dela. Em seguida, ele fugiu. Numa rua próxima, o porteiro de um condomínio percebeu a atitude suspeita do homem e o segurou. "Moradores da região, que teriam presenciado quando a garota foi assaltada, partiram para cima do suspeito, o renderam, amarraram e o agrediram", relatou a polícia.
O suspeito foi levado para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. Testemunhas contaram à polícia que o homem trabalha como flanelinha, mas não souberam dizer o nome dele. Algumas pessoas também disseram que o agredido já teria cometido outros assaltos na região.

Denúncias de abusos contra isosos crescem 300% no RN

Em 2013, o ‘Disque 100’ recebeu 1.297 denúncias do Estado
A Delegacia Especializada em Proteção ao Idoso (Depi), em Natal, tem recebido em torno de 280 novos casos mensais de maus tratos e/ou abusos contra idosos. São, em média, 9,3 queixas por dia, metade relativa aos desvios de aposentadorias e benefícios financeiros. Desse total, 10% viraram inquéritos. Segundo dados do “Disque 100”(serviço da Secretaria Nacional de Direitos Humanos) as denúncias de maus tratos cresceram mais de 300% no RN nos últimos três anos.
Figurando entre os dois tipos de crime mais recorrentes na Especializada, o uso indevido de aposentadorias e pensões, bem como a realização de empréstimos em nome de terceiros, é crime previsto em lei, mas amplamente praticado pelo País.
O delegado Fábio Fernandes, titular da Depi, conta que, desses casos, cerca de 120 são denúncias feitas diretamente na delegacia, enquanto o restante é originário do “Disque Direitos Humanos”, ou ‘Disque 100’. Há ainda casos que o Ministério Público pede que se investigue, mas o delegado não soube precisar esses números.
“Os principais crimes que a gente têm aqui são desvio de provento e abandono, mas desvio de provento é praticamente 50% do que chega aqui”. Segundo ele, o mais comum é que outros familiares façam a denúncia.

Jovem de Jucurutu foi presa ao tentar entrar em cadeia do RN com maconha na vagina

Uma jovem de 18 anos foi presa na manhã do último sábado (30), ao tentar entrar com drogas na Cadeia Pública de Caraúbas, na região Oeste do Rio Grande do Norte.
Segundo a Polícia Militar, exames feitos no local comprovaram que ela havia escondido 50 gramas de maconha dentro da vagina. "Os agentes penitenciários receberam uma denúncias e nos avisaram.
A jovem, que é natural de Jucurutu, foi examinada e retiraram a droga", confirmou o policial militar Leonardo Arruda. Ainda de acordo com a polícia, a droga seria entregue ao namorado da suspeita, condenado por tráfico de drogas.
A jovem e o companheiro dela devem responder pelo crime.
Do blog do Magno Cesar

O fenômeno Marina

Os estrategistas da campanha do PSDB entregaram os pontos, informa Ilimar Franco, de Brasília. Segundo ele, os aliados da presidente Dilma ainda têm um fio de esperança. Os especialistas em pesquisas consideram que Marina Silva está a um passo do Planalto. Explicam que ela encarna o sentimento de junho de 2013, contra tudo que está aí.

Comunidade do Assentamento São João recebeu Sistema de Irrigação da prefeitura de Ouricuri nesta quinta

O prefeito de Ouricuri, Cezar de Preto, é um dos mais empenhados do interior de Pernambuco a buscar alternativas para diminuir os efeitos da seca. Nesta quinta-feira a comunidade do Assentamento São João, zona rural, foi beneficiada com um sistema de irrigação para o cultivo de frutas e hortaliças, garantindo a complementação da renda de mais  40 famílias. Esta é mais uma ação planejada do Plano de Investimos do PPA 2014/2o15, onde teve a participação efetiva dos ouricurienses. O prefeito Cezar de Preto estará presente nesta comunidade às 14h. A Secretaria Municipal de Agricultura tem se manifestado também na perfuração de poços artesianos que já ultrapassam 170 perfurados, e mais de 83 recuperados em todo interior do município.
ASCOMPMO

Operação da Polícia Federal erradica mais de 100 mil pés de maconha

Plantação de maconha incinerada (Foto: Divulgação/Polícia Federal)
Plantação de maconha incinerada
(Foto: Divulgação/Polícia Federal)
Mais de 100 mil pés de maconha foram erradicados durante a Operação Angico II, da Polícia Federal. Ela foi desencadeada nas cidades do Sertão pernambucano de Petrolina,DormentesAfrânio e Lagoa Grande, além de oito municípios da Bahia.
Segundo a PF, a Operação Angico II aconteceu entre os dias 22 e 29 de agosto e teve a finalidade de eliminar a produção da droga na região. A Angico II contou com a participação, além da Polícia Federal, das Polícias Militar, Civil, Corpo de Bombeiros e o Exército. A plantação encontrada fio incinerada.
Do G1 Petrolina

Técnico de enfermagem pernambucano é preso na PB atuando como falso médico

Foi preso na manhã deste sábado (30) o técnico em enfermagem que se passava por médico em um hospital de Mamanguape. Valclepson Figueiredo Silva, de 35 anos, havia sido denunciado à Polícia Federal pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) pela prática irregular da profissão na última quinta-feira (30) após ser confirmado que o diploma de Medicina que usava era falso.

O sargento Virgílio, da 2ª Companhia de Polícia Militar, informou que o técnico em enfermagem foi preso na sua própria residência, em Mamanguape, em cumprimento a um mandado de prisão. “Ele não esboçou reação e logo após ser detido, foi encaminhado imediatamente para a Central de Polícia, em João Pessoa, onde seria ouvido pela Polícia Civil”, explicou.

As autoridades de Pernambuco, assim como a UPE (Universidade de Pernambuco), devem participar das investigações, porque, segundo o CRM na Paraíba, uma quadrilha do estado vizinho estaria fornecendo diplomas de Medicina falsos, o que pode levar à prisão de outros envolvidos.

De acordo com o CRM-PB, o suspeito havia conseguido o registro para exercer a profissão a partir de um diploma falso de uma universidade de Pernambuco. Na quinta-feira, quando a denúncia foi registrada na Polícia Federal, o CRM na Paraíba também informou que daria entrada no cancelamento do registro do profissional do suspeito.

O falso médico estava cadastrado no CRM desde novembro de 2013. Ele atuava no Hospital e Maternidade Nossa Senhora do Rosário. O diretor de fiscalização do CRM-PB, Eurípedes Mendonça, disse que a irregularidade foi denunciada pela Secretaria de Saúde de Mamanguape.
Alerta
O diretor de fiscalização do CRM, Eurípedes Mendonça, defende a utilização de critérios mais rigorosos para a contratação de médicos e profissionais de saúde, com entrevistas e análises que aprofundem o conhecimento acerca da pessoa que está sendo selecionada para exercer a função.
Além disso, ele pede para que todas as pessoas que foram atendidas pelo falso médico nas unidades, em Mamanguape, que voltem a procurar profissionais regulares para refazer todos os exames e consultas.
Segundo Eurípedes, é possível que muitos pacientes, entre novembro de 2013 e agosto deste ano, tenham sido gravemente prejudicados com atestados irregulares, licenças médicas emitidas de forma errada, diagnósticos equivocados e receitas de medicamentos incorretas.

Com informações da PM e PC
Via Portais de Notícias

CAMPOS BATE LULA NO QUESITO INFLUÊNCIA EM PE

:
Pernambuco 247 – Se a morte do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) tem relação com as pesquisas eleitorais ainda é difícil dizer, porém o ex-presidenciável bate de longe, no estado, o maior cabo eleitoral do País no quesito influência. Segundo levantamento do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), 72,3% dos entrevistados que disseram perceber mudanças positivas em Pernambuco nos últimos anos apontaram Campos como o principal responsável, seguido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 12,5%, e da presidente Dilma Rousseff (PT), com 4,5%. Ao todo, 2.480 pessoas foram ouvidas.
Os pesquisadores perguntaram aos entrevistados se eles haviam percebido mudanças positivas em Pernambuco nos últimos anos. Ao todo, 64% dos entrevistados disseram que sim e 30% disseram que não. Não soube ou não respondeu somaram 7%.
Diante da insatisfação de eleitores que não aprovavam a gestão de Campos, sob o argumento de que o estado foi beneficiado por investimentos federais, o levantamento mostrou outro dado curioso. Questionados sobre quem pode fazer Pernambuco mudar para melhor, a maioria dos entrevistados apontou o candidato ao Executivo estadual Paulo Câmara (PSB), com 30,7%.
Na segunda posição aparece o senador Armando Monteiro (PTB), com 28,1% dos votos. A chapa do parlamentar tem o PT, com o deputado federal João Paulo, ex-prefeito do Recife, disputando uma vaga no Senado. Em terceiro lugar aparece a presidente Dilma, com 9,1%, seguida pela atual presidenciável do PSB, Marina Silva, com 3,6%.
A pesquisa deixa o PT em alerta. A legenda vem tentando atribuir o crescimento econômico de Pernambuco a obras do governo federal, como a Refinaria Abreu e Lima, a Transposição do Rio São Francisco, a fábrica da Fiat e a Adutora do Pajeú. Com este levantamento, a mudança ou a continuidade da mesma estratégia para minar o crescimento dos adversários de Dilma no estado é uma incógnita.

Médica condenada por cortar pênis do noivo volta ao trabalho

A médica Myriam Priscilla de Rezende Castro, 34, foi condenada por mandar corta o pênis do ex-noivoA médica Myriam Priscilla de Rezende Castro, 34, condenada a seis anos de prisão no regime semiaberto por ter mandado cortar o pênis do ex-noivo, que desistiu do casamento três dias antes da cerimônia, está clinicando em hospital da região metropolitana de Belo Horizonte há dois meses.
A especialidade da médica é a urologia, que trata do aparelho urinário de homens e mulheres e do aparelho genital masculino. Ela foi condenada por lesão corporal gravíssima.
De acordo com a Seds (Secretária de Defesa Social de Minas Gerais), Myriam cumpre sua sentença na penitenciária feminina Estevão Pinto, no Horto, em Belo Horizonte, desde abril deste ano, e teve permissão da Justiça para sair para trabalhar no início de junho. O nome do hospital não foi divulgado pela secretaria.
UOL não localizou os advogados da médica para confirmar o seu trabalho na clínica. À época de sua condenação pelo crime, ocorrido há 12 anos, ela não sofreu sanções profissionais.

Armando e Paulo em empate técnico na corrida para o governo de PE

Na segunda consulta eleitoral do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), o quadro é de empate técnico entre o candidato ao governo pela coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Armando Monteiro (PTB), e o adversário pela Frente Popular, Paulo Câmara (PSB). Em relação à última pesquisa, realizada nos dias 25 e 26 de julho, Paulo salta vertiginosamente de 10% das intenções de voto para 28%. Enquanto isso, Armando, que apresentava vantagem de 27 pontos percentuais frente ao socialista, cai de 37% das intenções para 32%. Considerando a margem de erro - de dois pontos percentuais para mais e para menos -, as porcentagens atuais dos dois candidatos podem chegar à casa dos 30%, cravando o empate técnico. A pesquisa foi encomendada pelo Portal Leia Já e publicada em parceria com o Jornal do Commercio.
Segundo um dos coordenadores da pesquisa, o cientista político e professor da Universidade Federal de  Pernambuco (UFPE), Adriano Oliveira, o fator inesperado da tragédia que matou o ex-governador Eduardo Campos (PSB), fez com que o seu afilhado político, Paulo Câmara (PSB), até então desconhecido da maioria do eleitorado, acelerasse o processo de crescimento. "É o fenômeno que estou chamando de eduardismo, que antes estava sendo desprezado. Isto é, a força de Eduardo alavancando a candidatura. Paulo teria crescido sem a tragédia, pelo peso que Eduardo tem, de força eleitoral após uma gestão bem avaliada. Não de uma forma tão rápida. Mas foi acelerado em virtude da tragédia que ocorreu", avalia.

Adriano destaca ainda que a tragédia aumentou o que chamou "voto de gratidão e admiração" que o ex-governador Eduardo Campos já tinha. "Com a morte trágica, a mídia passa a falar 24 horas sobre Eduardo Campos. Com isso, ele ganha contornos de míticos, aumentando aquele voto de gratidão e admiração. Aí reside a explicação do crescimento pujante e acelerado e acelerado de Paulo Câmara", diz.Dois outros dados contribuíram para esse novo cenário eleitoral. O primeiro é o nível de desconhecimento. Nesse quesito, Paulo Câmara conseguiu em um mês - se comparado a última pesquisa do final de julho - cortar a metade o percentual de completo desconhecimento que tinha. Ao todo, 30% disseram que nunca ouviram falar no candidato socialista, antes o número era 60%. Outro ponto é o guia eleitoral. 

Com duas semanas de programa na televisão e rádio, 64% dos entrevistados disseram ter assistido ou ouvido todos os dias (13%) ou alguns dias (51%). Os que responderam não ter assistido nada também é expressivo: 35%.

O cientista político, no entanto, considera que é preciso aguardar a próxima pesquisa para saber mais claramente a tendência desse crescimento. "Existe hoje um leve favoritismo de Paulo Câmara. Não está mais indefinido como antes. Mas é necessário aguardar a próxima consulta para saber o tamanho desse voto de gratidão. Pode-se falar em Pernambuco de uma comoção eleitoral, mas ainda não dá pra saber qual o impacto final nesta eleição disso", acrescenta Adriano. Em relação ao candidato Armando Monteiro (PTB), o cientista político avalia que a campanha desprezou até então o potencial eleitoral associado ao ex-governador. "Havia uma confusão, pelo senador (licenciado) ter sido um aliado de Eduardo. 

Com a tragédia e daqui para frente mais fortemente, a confusão começa a clarear. E, nessa conta, Paulo Câmara se beneficia", diz. Para Adriano, a campanha do postulante do PTB passou a lidar com um cenário diferente. "A estratégia não pode desconsiderar o eduardismo", pontua. (Informações: O Povo com a Notícia)