Seguidores

Vem ai, a mega promoção da Aspectho Calçados

 
A Loja Aspectho Calçados Ouricuri, faz mas uma Mega Promoção com até 70% de desconto, no próximo dia 4 de agosto, a partir das 6:30hrs, para todos os seus clientes e amigos.

Um dia com esse desconto pra você economizar, tá chegando a hora para você ir até a Loja Aspectho Calçados, vá e aproveite.


Na Aspectho Calçados  você encontra os melhores preços e prazos, onde a economia fica lado a lado com você, você ainda encontra um ambiente climatizado se sente bem em estar na Aspectho, ainda sorteamos brindes, tudo isso num só lugar, um lugar feito pra você se sentir especial... A Aspectho Calçados a Loja que leva a moda até você...

Festa de Agosto de Parnamirim-PE começa na próxima quinta-feira

Depois da Festa do Milho de Cedro-PE e da Missa do Vaqueiro em Serrita-PE, os baladeiros de plantão da região têm mais um evento para curtir. Na próxima quinta-feira (31) começa a Festa de Agosto de Parnamirim, que faz parte dos festejos da Padroeira Nossa Senhora de Sant´Ana. No último sábado o novenário da padroeira foi encerrado com procissão presidida pelo bispo da Diocese Salgueiro, Dom Magnus, e celebração comandada pelo Padre Orlando Natel, que está a frente da Paróquia de Parnamirim há dois anos.

A Festa de Agosto se inicia com shows de Rafael Veríssimo, Gabriel Diniz e Magníficos. Na sexta-feira, 1° de agosto, a farra continua com apresentações de Gean e Felipe Agra, Forró Estigado, Vicente Nery e Mano Walter. No encerramento, no dia 2, a animação fica por conta de Dhiller Barros, Forró do Muído, Fábio e Nando e Marreta You Planeta. Todos os shows são em praça pública.

Blog de Alvinho Patriota

Municípios têm até 2 de agosto para acabar com lixões, mas praticamente a metade deve descumprir a Lei

Foto internet
Os municípios brasileiros têm até o dia 2 de agosto, próximo sábado, para acabar com seus lixões, de acordo com a Lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos. No entanto, de quatro anos para cá, desde a publicação da Lei (nº 12.305/2010), praticamente a metade dos municípios não conseguiu se adequar à determinação e muitos chegarão ao fim do prazo ainda despejando todo seu lixo em áreas a céu aberto.
Mas, apesar da obrigação e das penalidades que os municípios podem sofrer em caso de descumprimento, segundo dados da Confederação Nacional dos Municípios – CNM, ainda existem mais de dois mil lixões instalados no Brasil.
“A inobservância da obrigação de encerramento das atividades dos lixões poderá implicar na responsabilização dos Municípios por diversas formas, inclusive por crime ambiental, sendo possível, ainda, a punição dos agentes políticos responsáveis pelo inadimplemento”, alerta a advogada em Direito Administrativo da Conam – Consultoria em Administração Municipal, Isabela Giglio.
Considerando que os Municípios não tiveram condições técnicas e financeiras para construir aterros sanitários e planos de coleta seletiva, a Confederação Nacional dos Municípios buscou, junto ao Ministério do Meio Ambiente, promover o adiamento do prazo de encerramento das atividades dos lixões. “Mas, até o momento, ainda não houve qualquer sinalização a respeito”, avisa Isabela.
Com o fechamento dos lixões, famílias que têm como fonte de renda os recursos extraídos do lixo deveriam ser inseridas em planos de capacitação para que atuem por intermédio de cooperativas de catadores. Mas, de acordo com a pesquisadora em gestão de resíduos Suzette Renault de Carvalho, da Conam – Consultoria em Administração Municipal, isso não está sendo observado.
“Não é o que vem ocorrendo com os lixões recentemente fechados, a exemplo do maior lixão da América Latina, o lixão da Estrutural, localizado a 15 km de Brasília, onde são depositadas diariamente 8,7 mil toneladas de lixo. Os mais de dois mil catadores de material reciclável lá trabalham 24 horas por dia, ainda sem uma diretriz ou perspectivas futuras”, conclui Suzette.

Em São Paulo, dono de comitê de Eduardo Campos diz que espera ganhar ‘unzinho’

Foto: Flickr PSB/divulgação
                                Foto: Flickr PSB/divulgação
O dono da “Casa de Eduardo e Marina” inaugurada nesta segunda-feira (28) pelo candidato a presidente Eduardo Campos e sua vice Marina Silva, Edvaldo Sevino, deu a entender em gravação em vídeo para a própria equipe de campanha que teria uma expectativa de retorno financeiro em ceder o espaço de sua residência, em Osasco, na Grande São Paulo. Sevino fez um gesto com a mão e disse esperar “receber unzinho” ao ser questionado por que quis fazer uma “Casa de Eduardo e Marina”.

Aos moldes das “Casas de Marina”, em 2010, as casas são espaços que a campanha chama de “autorais”, em que cidadãos comuns abrem suas residência e envolvem-se voluntariamente com atividades da campanha.

Quando a gravação foi feita, Campos já havia seguido para outro compromisso. Marina, ao saber do ocorrido, ficou visivelmente irritada e disse a um assessor: “Isso é muito grave”.

Pouco depois, questionada por jornalistas sobre o episódio, Marina disse que a questão será apurada mas que é uma prática rechaçada por ela e pela Rede Sustentabilidade.
“Não trabalhamos dessa forma, nunca fizemos esse tipo de coisa e isso nem pode de acordo com a lei”, disse Marina. “Se existe essa expectativa (de retorno financeiro), essa expectativa é com certeza frustrada do ponto de vista dos nossos valores éticos, do ponto de vista do conceito do que são as casas e do ponto de vista legal”, completou.

Marina argumentou ter ficado evidente que nem ela nem a equipe de campanha estavam sabendo de qualquer possível oferta de compensação financeira a Sevino, pois foi a própria equipe de filmagem da campanha fez a gravação. Marina lembrou também que ela havia ficado “emocionada” quando Sevino contou a ela na inauguração quanto ganhava por um dia de trabalho e que havia abdicado de trabalhar hoje para participar do evento.

A candidata a vice-presidente fez ainda uma ressalva para que se considere as condições de vida de Sevino e a cultura política do Brasil. “Infelizmente eles estão acostumados com o padrão de campanha feito por muitos segmentos”, afirmou Marina.

Amigo do dono  - O amigo de Sevino, José Ângelo da Silva, conhecido como “Pernambuco”, participou ativamente da inauguração, inclusive interagindo com Campos e Marina. Ele teria indicado a Sevino para abrir a casa, alegando não ter espaço em sua própria residência.

Pernambuco é hoje militante do PSB. Segundo o candidato a deputado estadual pelo PSB, do grupo da Rede de Marina Silva, Reinaldo Mota, Pernambuco foi candidato a vereador pelo PMN em 2012, quando o próprio Mota foi candidato a prefeito.

Presente ao evento, Mota negou ter mantido contato com Pernambuco e disse que ele não é contratado por sua campanha para deputado. “Isso (pagamento para quem cede a casa) não existe, não procede, é um absurdo”, disse Mota.

Mota afirmou ainda que há centenas de casas cadastradas na região, com interesse dos donos de fazerem uma “Casa de Eduardo e Marina” e que a de Sevino foi escolhida “por acaso”. Segundo Mota, seu time foi avisado ontem da “urgência” de escolher uma casa da região para a agenda de Eduardo Campos e Marina Silva.

Dilma Rousseff responde a jornalistas neste momento. Foto: reproudução vídeo Folha de S. Paulo Candidata à reeleição, a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), preferiu não antecipar as mudanças que fará no governo caso saia vitoriosa das eleições em outubro. Durante a pergunta inicial da sabatina promovida pela Uol, Folha de S. Paulo e SBT, sobre alterações ministerial, Dilma afirmou que não é a “hora de discutir ministério”. “A última vez que botaram o carro na frente dos bois, sentaram na cadeira do prefeito antes da eleição, e perderam a eleição, afirmou a presidente, numa alusão à disputa de Fernando Henrique Cardoso ao governo de São Paulo, em 1985. >> Veja a sabatina com a presidente Dilma Rousseff no UOL Questionada sobre o perfil esperado dos ministros, a petista disse que “definitivamente” não iria discutir o assunto.

Dilma Rousseff responde a jornalistas neste momento. Foto: reproudução vídeo Folha de S. Paulo
                                    Dilma Rousseff responde a jornalistas neste momento. Foto: reproudução vídeo Folha de S. Paulo
Candidata à reeleição, a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), preferiu não antecipar as mudanças que fará no governo caso saia vitoriosa das eleições em outubro. Durante a pergunta inicial da sabatina promovida pela Uol, Folha de S. Paulo e SBT, sobre alterações ministerial, Dilma afirmou que não é a “hora de discutir ministério”.
“A última vez que botaram o carro na frente dos bois, sentaram na cadeira do prefeito antes da eleição, e perderam a eleição, afirmou a presidente, numa alusão à disputa de Fernando Henrique Cardoso ao governo de São Paulo, em 1985.
Questionada sobre o perfil esperado dos ministros, a petista disse que “definitivamente” não iria discutir o assunto.

Menino de 6 anos é estuprado e tem órgão genital arrancado

Um crime bárbaro revoltou a população da capital baiana. O corpo de um menino de 6 anos foi encontrado, em estado de decomposição, por populares dentro de uma residência na rua Dilson Souza, bairro de Pernambués.

Segundo a polícia, na última sexta-feira (18), os vizinhos sentiram um forte mau cheiro, invadiram a casa e encontraram o corpo enrolado em um lençol.
 
A proprietária do imóvel afirmou ter alugado a casa para um homem, que se identificou apenas como André e ficou de apresentar os documentos a ela posteriormente. Segundo ela, André havia alugado a casa há quatro dias antes do crime, avisou que a criança era filho dele e depois não foi mais visto.

De acordo com informações da 1º CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar), o corpo da criança já estava em estado de gigantismo e foi constatado que o ânus foi dilacerado e o órgão genital arrancado.

Apesar dos pais da criança terem o reconhecido, o IML (Instituto Médico Legal) informou que só liberará o corpo após o exame de DNA. Testemunhas afirmaram que o assassino chegou à localidade da Polêmica, em Brotas, e teria oferecido a quatro crianças roupas e brinquedos, que seriam comprados em um shopping. Mas, que depois ele acabou levando só o menino.

Revoltados, os moradores protestaram no final da tarde desta terça-feira (22), fechando a avenida Antônio Carlos Magalhães, próximo a localidade da Polêmica. Com faixas, cartazes e fotos do suposto criminoso, o grupo pedia justiça. A Polícia Civil, que está investigando o caso, informou que os pais da criança, que são separados, já foram ouvidos. O pai afirmou que o menino vivia em situação de rua. A mãe contestou a informação dizendo que ele apenas vendia doce em um sinal.

Ainda segundo a Polícia Civil, o criminoso não foi identificado, já que o homem se apresenta com diversos nomes diferentes. Mas, um adulto, que vendia doce no mesmo sinal que o menino, está sendo procurado.

Fonte: R7 Bahia

Idoso vai ao seu sepultamento no Piauí para comprovar que não morreu

Aposentado Romão disse que se sentia mais vivo do que nunca. (Foto: Sílvio Vieira / Cliquepiripiri)
O aposentado Manoel Romão, de 67 anos, após ter sua morte oficialmente declarada, surpreendeu a todos ao chegar vivo no que deveria ser o seu sepultamento, no fim da tarde desse sábado (26). Isso aconteceu após ele ter sido reconhecido como sendo um ciclista que morreu atropelado na BR-343, próximo a cidade de Piripiri, Norte do Piauí, por volta das 4h da sexta-feira (25).

A confusão partiu dos próprios familiares de Manoel Romão, que estava sumido há três dias. Após o procurarem por toda cidade, os parentes foram informados sobre uma vítima de um acidente, cujo corpo estava sem identificação no hospital da cidade e que tinha as mesmas características dele.

O engano só foi desfeito, poucos minutos antes do sepultamento, quando um amigo de Romão disse o ter visto na Zona Rural do município. Ao descobrir o erro, familiares tentarem devolver o corpo, quando só então parentes da real vítima encontraram e revelaram o nome da pessoa que estava sendo velada, que foi identificada como Eliomar Moreira Félix

O engano

Francisca Maria Oliveira, irmã de Romão, conta como tudo aconteceu e acrescenta que o fato foi uma grande coincidência. Já que a vítima parecia com ele e estava com roupas similares.

“Meu filho e outro parente nosso foram até o hospital e acharam a pessoa muita parecida com ele. Disseram que estava com a mesma cor do calção e com uma bicicleta igual a que ele utilizava. Como o rosto estava um pouco desfigurado e era difícil de reconhecer pela face, acreditamos que podia ser ele mesmo e começamos os procedimentos para velar o corpo”, disse Francisco Maria Oliveira, irmã do aposentado.

Após ser reconhecido o corpo, ela contou que o médico de plantão do hospital orientou que família buscasse o translado do corpo para a realização de exames cadavéricos no Instituto de Medicina Legal (IML) da cidade de Teresina.

“Novamente, meu filho e outros parentes viajaram com o corpo na tarde de sexta-feira, dia 25, para o IML, mas acabaram se esquecendo de registrar o caso na polícia daqui e tiveram que registrar a denúncia na Central de Flagrantes de Teresina. Depois de tudo isso, conseguiram trazer o corpo de volta, na madrugada do dia seguinte, com todos os papéis para o sepultamento”, contou Francisca.

Francisca Oliveira disse que o velório do irmão aconteceu durante a madrugada de sábado (26), com a presença de vários familiares e amigos, mas revela que todos se questionavam ao ver o corpo. “A maioria das pessoas ficaram em dúvida se era ele mesmo, mas devido as circunstâncias e características, além do fato do corpo estar com hematomas do acidente, se conformaram”, destacou.

Durante o velório, a irmã conta que ligou para os filhos de Manoel Romão para que eles viessem do Rio de Janeiro, antes do sepultamento. “Ele tem seis filhos, todos trabalham e moram no Rio. No momento, só conseguimos comunicar o fato à dois. O mais velho e a mais nova, que há mais de 20 anos não viam o pai, vieram de avião e conseguiram chegar a tempo do enterro”, declarou.

Surpresa no sepultamento

Durante o ritual do sepultamento, a irmã conta que um amigo da família disse ter visto Romão vivo e que sabia onde ele estava. “Neste momento, os filhos dele e meus filhos foram até o local descrito por essa pessoa e já voltaram abraçados com ele. No cemitério foi uma alegria só, todos correram para lhe abraçar”, descreveu Francisca.

Mesmo com toda confusão, Francisca diz que está feliz, apesar de lamentar a morte da outra pessoa. “Ele tem uns problemas psicológicos e ainda gosta de beber. Costuma sair e demorar até um ou dois dias para voltar, mas sempre vamos atrás dele e saber que está tudo bem”, declarou.

Apesar do susto da família, ela acrescenta que há um lado bom em toda história. “Os filhos dele, que não o viam há tanto tempo, puderam matar a saudade dele e de toda família. Eles já voltaram neste domingo, dia 27, para suas cidades, com o coração mais tranquilo”, disse a tia.

Sobre como o irmão reagiu ao chegar no seu próprio enterro, ela declarou que Romão ficou surpreso e brincou dizendo que estava mais vivo do que nunca. “Ele ficou feliz com todo carinho que recebeu e também por ver os filhos. Voltou para casa, mas na manhã deste domingo, o teimoso já saiu de novo e não sei pra onde foi”, revelou a irmã Francisca.

De acordo ela, a família vai procurar na segunda-feira (28) uma forma para cancelar os documentos que oficializaram a morte de Manoel Romão.

Caso de Polícia

A “falsa morte" do aposentado foi registrada na Delegacia Regional de Piripiri. O delegado da cidade não foi encontrado pela equipe de reportagem para comentar o caso.


Fonte: G1 PI

Vereador envolvido no roubo ao banco de Inajá é preso com armas em casa

 
Uma operação de combate a roubo a bancos no interior de Alagoas e em outros estados resultou na prisão de oito pessoas, entre elas, o vereador João Sérgio, de Mata Grande. Ele é suspeito de envolvimento em um assalto contra um banco na cidade de Inajá, em Pernambuco. Além de João Sérgio, foram detidos o guarda municipal de Canapi, Euzébio Lima Piauí, os irmãos Iran Francisco Sá dos Santos e Robermário Francisco Sá dos Santos, Robério Mandu de Lima, Ismar Luz da Silva, Francisco Alencar dos Santos e José Alexandre dos Santos, todos esses em Canapi.
Leia mais: Após abortar assalto a banco, operação caça membros de gangue:
A ação começou na tarde dessa quinta-feira (24), realizada em conjunto pelo Grupo de Combate às Organizações Criminosas, do Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar de Alagoas e Pernambuco, teve a participação de 30 pessoas e cumpriu 16 mandados de busca e apreensão e dois de prisão, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital, nas cidades de Mata Grande, Canapi e Delmiro Gouveia. O trabalho de investigação foi iniciado há cerca de dois meses. Num trabalho de campo, um agente infiltrado do Gecoc descobriu que a casa do vereador João Sérgio guardava armamento pesado e vários pacotes de dinheiro.

Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do vereador, no início da manhã desta sexta-feira (25), foram apreendidos um revólver calibre 38, uma espingarda 12 e uma luneta para fuzil, com mira infravermelha (para visão noturna). Ele foi preso em flagrante delito por posse ilegal de armas. João Sérgio teria utilizado um veículo Fiat Uno prata, placas OHE-2496 / Mata Grande, no assalto de Inajá (PE). No dia seguinte ao roubo, ele teria abandonado o carro na BR 416.

Troca de tiros

A operação começou quando os agentes da segurança pública interceptaram o veículo Fiat Palio prata, placas IAD-2146 / Aracaju, que tinha como um dos ocupantes um homem identificado, até o momento, como "Siríaco". Ele trocou tiros com as equipes e morreu durante o confronto. Um outro fugiu. Siríaco participou do assalto a Inajá e já era procurado pela polícia de Pernambuco. No Palio foram encontradas 14 bananas de dinamite, três espingardas, dezenas de espoletas, balaclavas, luvas e vários sacos com ligas para amarrar dinheiro. 

Ele estava levando o material para uma outra parte da quadrilha que o aguardava em Petrolândia. O bando estava se organizando para roubar o Banco do Brasil de Olivença na madrugada de hoje. Como o trabalho de campo já acontecia em Petrolândia, com o apoio das polícias de Pernambuco, a casa onde estava o bando que aguardava "Siríaco" estava sendo monitorada. Entretanto, um grupo conseguiu fugir. Quando as equipes entraram no imóvel, encontraram uma Amarok preta, placas NVL-5028 / Arapiraca, abandonada. Dentro dela havia mais duas dinamites e balaclavas. 

Já no interior da casa foram encontrados dois quilos de maconha, uma pequena quantidade de crack, sacos para embalar cocaína e mais ligas. Ao todo foram apreendidas 16 bananas de dinamite, quatro espingardas, três revólveres calibre 38, dezenas de espoletas, balaclavas, luvas e sacos de liga, cerca de três quilos de drogas e uma luneta de fuzil para visão noturna. Os presos e o material serão levados para a sede da Deic, em Maceió. Porém, ainda não há previsão de chegada. (Assessoria - Tnh1/O Povo Com a Notícia)

Crato-CE: Mulher é morta a tiros dentro de um carro de luxo no bairro São Miguel

 
A microempresária Manuely Ventura de Lima, de 31 anos, que residia na Rua Cego Aderaldo, 12 (Bairro Alto da Penha) em Crato, foi morta a tiros por volta das 14h30min desta sexta-feira. Ela tinha acabado de deixar um filho no SESC e, no cruzamento das ruas Raimundo Lobo e Coronel André Cartaxo (Bairro São Miguel), foi surpreendida com os disparos praticamente à queima roupa no pescoço causando sua morte imediata. 

A vítima se encontrava ao volante de um veículo Duster da Renault de cor prata e placas ORU-4008, inscrição de Crato, pertencente à sua mãe, Erizete Ventura de Lima. Manuely era dona de uma pequena indústria de sandálias perto de sua casa. O crime foi praticado por dois homens que se aproximaram da mesma, mas as testemunhas não souberam dizer se a dupla fugiu a pé ou em algum veículo após praticar o 21º homicídio do ano naquele município. 

No carro não foram encontrados documentos dela surgindo suspeitas de latrocínio. Entretanto, a polícia trabalha ainda com a hipótese de execução e vai se inteirar com familiares se Manuely vinha recebendo ameaças. Foi à primeira mulher morta este ano no Crato e a 13ª no Cariri. A última tinha sido Maria Letícia Miranda de Andrade, de 19 anos, no dia 22 de setembro, mas que residia em Trindade (PE) e era suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas. O corpo desta foi encontrado na rodovia Crato/Exu, imediações do IBAMA, com tiros de espingarda calibre 12 na cabeça. (Informações: Miséria)

Consultoria: risco de Dilma não se reeleger vai a 60%

Governo_Dilma_Cai_Aprova_oA MCM Consultores passou a atribuir uma probabilidade de 60% de derrota de Dilma Rousseff na eleição presidencial em outubro. Desde abril, a consultoria trabalhava com um cenário de probabilidade equivalente à reeleição e à vitória da oposição. Hoje, os analistas da MCM rebaixaram as chances da presidente e agora trabalham com uma probabilidade de 60%-40% contra a reeleição.

NO MURO
‘Não estamos declarando taxativamente, é bom esclarecer, que a presidente Dilma não se reelegerá. Longe disso. É muito cedo. A campanha ainda nem começou efetivamente’, escreveram os analistas da MCM na nota enviada a clientes. ‘Contudo, a nosso juízo, já existem elementos suficientes para atribuir mais probabilidade de vitória à oposição do que à candidatura governista.