Seguidores

CINCO: Vereadores de Ouricuri são intimados pela Polícia Federal

câmara municipal ouricuriPelo menos cinco vereadores eleitos e dez não eleitos que foram candidatos em 2012 pela coligação “Frente Popular”, a qual tinha como candidato ao executivo, o atual prefeito Cezar de Preto (PMDB) foram intimados a prestar esclarecimentos ao Tribunal de Contas do Estado.
Não tivemos acesso ao conteúdo da intimação, nem tão pouco, conseguimos contato com os parlamentares nem com os ex-candidatos, os mesmos se recusam a falar sobre o assunto. Nos bastidores corre a informação que os intimados já começaram a ser ouvidos e que os esclarecimentos são sobre possíveis irregularidades a cerca de suas prestações de contas.
Da redação do Blog do Cariri Filho

Adolescente é morto em Vitória, ao lado do corpo, papelão com 'recado' do asssassino

Clique para ampliar

Clique para ampliarUm adolescente de 15 anos foi executado na manhã desta terça-feira (26) na entrada do Engenho Pombal, onde o corpo foi encontrado por populares na área rural da Vitória de Santo Antão. João Ricardo França de Lima morava há onze meses no Distrito de Bonança, na cidade do Moreno (RMR).

Segundo os peritos do IITB, o rapaz apresentava uma lesão na região da jugular provocada por arma branca. Ao lado do corpo encontrava-se um papelão com frases ameaçadoras, constando o nome de João Ricardo e outros, supostamente escrito pelos assassinos (foto ao lado).

A vítima era usuário de drogas e detinha envolvimento em um homicídio de uma mulher casada com um traficante no Distrito de Aldeias, em São Lourenço da Mata. O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), Recife.

As investigações ficarão a cargo da 17ª Delegacia de Homicídios da Vitória.

Fonte: 
Plantão Vitória PE

Cena é chocante: Mãe é detida por postar foto de bebê comendo no chão de coleira

Mãe é detida por foto de bebê comendo no chão de coleira - Foto: Daily Mail / ReproduçãoUma criança nua, engatinhada no chão, tentando se alimentar em uma tigela, usando uma espécie de coleira: a cena é chocante e, como se não bastasse, foi publicada no Facebook pela própria mãe, nas Filipinas. As informações são do Daily Mail.

A ativista Lurleen Hilliard, da ONG Nolonger Victims que educa as pessoas sobre formas de abuso e maneiras de auxílio para proteção de vítimas, ficou furiosa ao se deparar com tais imagens e foi atrás de punição para a mulher.

“Estava navegando pelo Facebook no domingo e essas imagens vieram parar na minha frente. Inicialmente, meu coração ferveu de raiva, não é algo para se tolerar. Se aceitarmos esse nível de abuso dos pais, que postam imagens assim para ter audiência e parecerem bacanas, então nós estaremos dizendo que concordamos, que nós aceitamos o abuso infantil”, contou a ativista.
Hillard, então, procurou ajuda de autoridades de aplicação de leis dos EUA, que, por sua vez, entraram em contato com os seus homólogos nas Filipinas. Nesta terça-feira, ela recebeu uma ligação que confirmava que a mãe havia se apresentado à polícia e estava recebendo os tratamentos necessários. “Pelo visto, o pai da criança trabalha em alguma agência do governo e, então, tentaram mexer seus pauzinhos para escapar das consequências. Mas, não vou deixar isso acontecer, vou pressionar para que ela seja presa”, afirmou a ativista.

Terra - terra.com.br

O fim do voto obrigatório

A grande novidade no novo relatório da reforma política que começou a ser votada, ontem, na Câmara dos Deputados, o fim do voto obrigatório, caiu como uma bomba no Congresso, porque em nenhum momento chegou a ser discutido na Comissão Especial. O líder do PSB, Fernando Bezerra Filho (PE), reuniu a bancada ontem e anunciou que entrará com um destaque de voto em separado para derrubar a medida.

“O Brasil não tem ainda cultura para acabar com a obrigatoriedade do voto. Do jeito que os políticos estão desgastados se isso passar ninguém vai às urnas votar”, reagiu o líder socialista. O novo relator, o deputado democrata Rodrigo Maia (RJ), manteve a adoção do "distritão" como sistema eleitoral e a manutenção doFINANCIAMENTO público e privado de campanhas eleitorais.

No distritão, são eleitos os candidatos mais votados em cada Estado ou Município, sem levar em conta os votos para o partido ou a coligação. Hoje, vigora no País o sistema proporcional, que considera a soma dos votos em todos os candidatos do partido ou coligação e também os votos na legenda. Por essa conta, mesmo candidatos pouco votados conseguem se eleger se estiverem dentro de coligações. (Via: Magno Martins)

Homem é encontrado morto em Belém do São Francisco, no Sertão de PE

Na noite desta terça-feira, dia (26), um corpo sem identificação foi localizado na cidade de Belém do São Francisco, no Sertão de Pernambuco. Segundo informações, a vítima foi encontrada por populares em um terreno próximo ao lixão da cidade. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Petrolina, onde será feita a necrópsia para identificar o corpo e atestar a causa da morte.

Araripina tem convênio bloqueado pela justiça. Processo é de R$ 40 mil

Em meio ao planejamento para a disputa do Série A2 do Pernambucano, o Araripina recebeu uma notícia, que promete atrapalhar as finanças do clube neste ano. Na última quinta-feira, o presidente do clube, Ted Alencar, foi notificado do bloqueio judicial trabalhista no convênio entre o Bode e a Prefeitura de Araripina, patrocinadora master do clube. A ação partiu do jogador Jaime, que atuou na equipe em 2012.

– A juíza do trabalho concedeu o bloqueio dos repasses do convênio da prefeitura. Sabíamos (da ação na justiça), mas eu particularmente não sabia a que pé estava essa negociação. Só soube que estava transitada e julgada na quinta-feira. Foi uma surpresa – conta o presidente.

O valor da ação é de R$ 40 mil reais e deve comprometer muito o planejamento da equipe, que definiu para esta temporada uma folha mensal de R$ 30 mil reais. De acordo com Ted Alencar, a partir de agora o clube vai depender ainda mais da iniciativa privada. Na busca de uma solução, a diretoria do Araripina tenta um acordo com o atleta.

– Entramos em contato com o jogador para ver a possibilidade de um acordo, para então solicitar uma petição para que o desbloqueio seja efetuado. Estamos conversando – afirma o presidente, sobre o andamento da negociação.
O presidente do Bode do Araripe demonstra otimismo e acredita que na próxima sexta-feira o clube consiga resolver a situação.

Globo esporte.com

CUNHA É DERROTADO: CÂMARA DERRUBA DISTRITÃO

:
247 - A Câmara reprovou nesta terça-feira (26) o modelo "distritão", sistema defendido pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB). Foram 267 votos contra o projeto e 210 votos favoráveis. A discussão foi o ponto de maior divergência até o momento no plenário da Câmara. O modelo acabaria com o sistema proporcional – em que as cadeiras são distribuídas de acordo com a votação dos partidos – e definiria quem seriam eleitos os deputados e vereadores mais votados, no voto majoritário, como ocorre para eleição de senadores. 
O PT foi contra o distritão. O deputado Alessandro Molon (PT-RJ) disse que o sistema agrava os problemas de representação atuais e enfraquece os partidos políticos. "É um retrocesso. Até 1945, o Brasil tinha esse sistema de voto majoritário para deputados e acabou porque ele era ultrapassado", disse. O sistema, segundo ele, também encarece as campanhas.
Já o relator, Rodrigo Maia (DEM), disse que o sistema proporcional, em vigor atualmente, torna os candidatos a deputados e vereadores dependentes do endosso de governadores e prefeitos, o que acaba com a oposição. Ele reconheceu, no entanto, que o modelo proposto não é o ideal. "Não há modelo perfeito e nós vivemos uma democracia. Salto no escuro é atravessar o Atlântico e achar que repetir a Alemanha, a Inglaterra, não é dar um salto no escuro", disse. Ele ressaltou que os partidos sairão fortalecidos com a diminuição de candidatos que o sistema majoritário vai proporcionar.
Maia rebateu os argumentos de que o modelo proposto só é aplicado atualmente no Afeganistão e na Jordânia. Segundo ele, o nosso sistema proporcional com voto aberto só existe no País. "Não há modelo perfeito, em todos os países os políticos estão criticando o seu modelo. Só tenho uma certeza: o sistema proporcional aberto inviabiliza a política no Brasil", afirmou.
O modelo também foi defendido pelo deputado Ricardo Barros (PP-PR). Para ele, o "distritão" é o único modelo que tem a possibilidade de ser aprovado em Plenário. "É uma inovação, mas é uma resposta à necessidade de alterarmos alguma coisa do processo eleitoral", argumentou.
O líder do Psol, deputado Chico Alencar (RJ), por outro lado, disse que o voto majoritário fortalece o personalismo e vai piorar a política. "Aprovar esse sistema majoritário individualista, que mata a ideia de solidariedade partidária, é colocar no alto do trono da política brasileira o cada um por si, a campanha rica, o partido como um mero carimbador", criticou.
O líder do PMDB, deputado Leonardo Picciani (RJ), defendeu a aprovação do sistema de distritão. Para ele, o eleitor não compreende o sistema proporcional e, por isso, ele gera tantas distorções. "Nosso próximo voto vai decidir se teremos a coragem de mudar, de buscar um novo caminho, ou vamos deixar tudo como está", disse.
O líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE), avaliou que o sistema atual chegou à falência com a pulverização dos parlamentares. Para ele, o distritão pode ser a solução. "Este Parlamento, do ponto de vista partidário, está uma verdadeira zorra, são 28 partidos com assento, recorde mundial", disse. Hoje, segundo ele, os aspirantes a candidato já buscam partidos não pela ideologia, mas pela facilidade de se eleger. "Esse é o mundo real, não adianta aula de cientista político", ressaltou.
O sistema também foi defendido pelo deputado Miro Teixeira (Pros-RJ), que rebateu as críticas de que o modelo diminui a importância dos partidos e valoriza as individualidades. "Sejamos individualidades, nós representamos o povo, não temos de ser usados como cabos eleitorais de luxo ou para cumprir ordens dos donos da política", avaliou.
Já o deputado Henrique Fontana (PT-RS) disse que o novo sistema será o "paraíso das campanhas milionárias". "Vamos votar contra o distritão, pela pluralidade", disse.

Operação na Suíça prende José Maria Marin e mais seis executivos da Fifa

MarinA dois dias da eleição para a presidência, um terremoto sacode a Fifa. Na madrugada desta quarta-feira, horário brasileiro, uma operação especial das autoridades suíças, sob liderança do FBI, prendeu sete executivos importantes da entidade sob a acusação de corrupção, entre eles José Maria Marin, ex-presidente da CBF. O grupo dos detidos será extraditado para os Estados Unidos a fim de uma maior investigação sobre o assunto na federação mais importante do futebol mundial.
Segundo nota oficial do Departamento de Justiça norte-americano, 14 réus são acusados de extorsão, fraude, lavagem de dinheiro, entre outros delitos, em um "esquema de 24 anos para enriquecer através da corrupção no futebol". Sete deles foram presos na Suíça. Além de Marin, Jeffrey Webb, Eduardo Li, Julio Rocha, Costas Takkas, Eugenio Figueredo e Rafael Esquivel. Um mandado de busca também será executado na sede da Concacaf, em Miami, nos EUA.
De acordo com informações publicadas pelo jornal NY Times, mais de uma dúzia de policiais suíços à paisana chegaram sem aviso prévio ao Baur au Lac Hotel, local no qual executivos se hospedavam para o congresso anual da organização, marcado para os dias 28 e 29 de maio, e renderam os acusados de corrupção em ação pacífica, sem menor resistência dos envolvidos.
As polêmicas eleições para as sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022, que escolheram, respectivamente, Rússia e Catar, como sedes são centro das investigações. No segundo pleito, o mais controverso, os Estados Unidos buscavam o direito de receber o torneio.
A ação policial desta manhã de quarta-feira na Suíça terá um grande efeito nos próximos dias da entidade, que marcou para esta sexta-feira a eleição de um novo presidente. Novo, em teoria. Joseph Blatter, no comando da Fifa desde 1998, surgia como o grande favorito para mais um mandato; o suíço possuía apenas a concorrência de Ali bin Al-Hussein, príncipe da Jordânia.
O ex-jogador português Luís Figo, que fez história com a seleção do país e as camisas de Real Madrid e Barcelona, também aparecia como candidato até a semana passada. Entretanto, o antigo atleta desistiu do pleito e acusou a Fifa de ser gerida como uma 'ditadura'. O dirigente holandês Michael Van Praag também lançou campanha, mas também se retirou. 

Senado aprova MP que muda regras de acesso ao seguro-desemprego e abono salarial

O Plenário do Senado aprovou, na noite desta terça-feira, a medida provisória (MP) 665, que torna mais rigoroso o acesso ao seguro-desemprego e ao abono salarial. A proposta recebeu 39 votos favoráveis, 32 contrários e nenhuma abstenção. Todas as alterações propostas foram rejeitadas. O texto, que integra o pacote de ajuste fiscal da presidente Dilma Rousseff, segue para sanção.
Após, os senadores passaram a discutir outra medida do ajuste fiscal, a MP 664, que muda as regras de pensão por morte, impondo carências e tempo de recebimento conforme a faixa de idade do beneficiário. Por acordo de líderes, o Plenário suspendeu as discussões da medida, que serão retomadas na quarta-feira, às 14h. Outra MP na pauta é a 668/2015, que aumenta as alíquotas de contribuições incidentes sobre as importações, o PIS/Pasep-Importação e a Cofins-Importação. O presidente do Senado anunciou que votação desta MP ocorrerá na quinta-feira. As três MPs precisam ser votadas antes de 1º de junho, data em que perdem a validade.
O que muda com a aprovação da MP 665
A maior polêmica em relação ao texto se deu em torno do artigo que traz as mudanças no abono salarial. Atualmente, o trabalhador que tiver trabalhado no ano anterior pelo menos 30 dias com carteira assinada e tiver recebido até dois salários-mínimos, tem direito ao abono de um salário-mínimo. As novas regras aprovadas pelo Congresso estabelecem que ele terá que ter trabalhado pelo menos 90 dias no ano anterior e receberá o benefício proporcionalmente ao tempo trabalhado. Assim, ele receberá um doze avos do salário-mínimo por cada mês trabalhado, conforme as regras que valem para o pagamento de 13º salário.
No que se refere ao seguro-desemprego, pelo texto aprovado, o trabalhador terá que comprovar ter trabalhado por pelo menos 12 meses consecutivos para ter acesso ao benefício pela primeira vez. Nos casos em que o trabalhador tiver acessando o seguro pela segunda vez, o prazo de carência será de nove meses. E nos casos em que o acesso se der pela terceira vez, o trabalhador terá que comprovar ter trabalhado por pelo menos seis meses para receber o seguro.
Para acesso ao seguro defeso, o pescador profissional terá que comprovar ter trabalhado por um ano para ter acesso ao benefício. Ele terá direito ao seguro mesmo que já esteja recebendo outros benefícios provenientes de programas sociais do governo.(Com informações  Zero Hora)

OURICURI-PE: Idoso de 72 anos tenta matar homem de 32 à bala no povoado do Jacaré

Na tarde dessa terça-feira (26), por volta das 15h00min, deu entrada na emergência da Santa Casa de Misericórdia (HRFB) em Ouricuri – PE uma pessoa vítima de disparos de arma de fogo. Ainda no bloco cirúrgico a vítima Vaneildo Gomes da Silva de 32 anos, relatou a polícia que o fato ocorreu no povoado do Jacaré no município de Ouricuri – PE e que o autor dos dois disparos que a atingiu sua pessoa teriam sido efetuados por idoso de 72 anos conhecido por “Zé Maria”. A PM se dirigiu até o local do acontecido, mas não conseguiu localizar o suspeito. O caso foi registrado e será investigado pela DPC da 201ª Circunscrição em Ouricuri – PE. (Reportagem: Nilson Macedo) Contato do Blog:radionoticia@yahoo.com.br